Melina Aparecida dos Santos Silva

Melina Aparecida dos Santos Silva, perfil

Mini-biografia:
Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF); Mestre em Comunicação pelo mesmo programa e Bacharel em Jornalismo pelo Centro Universitário de Barra Mansa (UBM). Entre os interesses de pesquisa estão a globalização do metal extremo, cultura material, cenas musicais, sociologia da música, performance e experiência musical.

Contato: melsantos1985@gmail.com

Projeto de Pesquisa Atual:
O projeto aborda a apropriação do gênero musical metal no cenário angolano de pós-guerra civil. Deste modo, elenca-se as particularidades desta cena musical, a partir do trabalho de campo no Festival Rock Huambo, em setembro de 2014, na província de Huambo (Angola). A questão é “Como o local aciona as fronteiras estilísticas globais do metal para a inserção do gênero musical em território angolano?”. Como ponto inicial, destaca-se que, no imaginário dos músicos, as matrizes do gênero musical não partem somente do eixo Estados Unidos- Europa, mas também do Brasil.

Últimas publicações:
SILVA, M. A. S. ; HOLZBACH, A. D. ; Thaiane Oliveira ; Evangelista, S. . Quadradinho de 666?: Heavy metal e cultura digital a partir do canal Mamilos Molengas. In: Cultura pop / Simone Pereira de Sá, Rodrigo Carreiro, Rogerio Ferraz (Organizadores). – Salvador : EDUFBA ; Brasilia: Compós, 2015.

SILVA, M. A. S.; SA, S. M. A. P. . Duas pernas, um braço: A banda Katingation e sua apropriação do death metal no cenário pós-guerra civil angolano. Comunicacao, Midia e Consumo (Online), v. 11, p. 65-81, 2014.

SILVA, M. A. S. ; Thaiane Oliveira . Creature Lives! Três paradoxos sobre a experiência de realidade aumentada do álbum The Hunter. F@ro (Valparaíso. Impresa), v. 15, p. x, 2012

Link para o Lattes: lattes.cnpq.br/4494152243994844