Diego Brotas

Apresentação

Doutorando da linha de pequisa Estéticas e tecnologias da comunicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense PPGCOM/UFF. Mestre em Comunicação e Culturas Contempoâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), participou também do Grupo de Pesquisa em Cibercidades (GPC/UFBA). Jornalista e membro do coletivocultural Expurgação (Vitória-ES).

Pesquisa atual

Música e mídias locativas

Resumo da tese de doutorado

A partir do surgimento de novos dispositivos eletrônicos e de redes infocomunicacionais sem fio, eclode dentro dos estudos da cibercultura um novo foco de pesquisa, as mídias locativas. A partir delas, o estudo da comunicação se volta mais uma vez para as interações em espaços urbanos. As relações entre interagentes, dentro deste prisma, se dá por meio da apropriação de tecnologias e serviços baseados em localização, utilizados para a troca de conteúdo e informações, alicerçados na interação interpessoal espacial. O local passa a ter grande valor e tornam a ser emissores de informações, captadas pelos dispositivos eletrônicos específicos. A partir desta apropriação tecnológica locativa, há a caracterização de uma distinta forma comunicativa do habitar, baseada em uma interdependência entre o contexto (lugares), sujeito e mídia. Esta pesquisa propõe a análise de estudos e projetos que relacionam a apropriação das mídias locativas com a elaboração de distintas maneiras de produção e consumo (compartilhamento) de música, proporcionadas por um conjunto de tecnologias, em mobilidade, baseadas em geolocalização.

Artigos recentes

BROTAS, D. Sonoridades, música e mobilidade: um estudo sobre as novas práticas tecnológicas baseadas na espacialização e nos dispositivos móveis. Ciberlegenda (UFF. Online), v. vol.2, p. 16-26, 2011.

BROTAS, D. Música e Mídias Locativas: Mobilidade e produção de sentido através do espaço urbano e dos dispositivos móveis. Revista Eletrônica CoMtempo, v. 2, p. 1-12, 2010.