Formada em 1990, influenciada pelo death metal, thrash metal, hardcore norte americano e europeu, entre outros, a banda Gangrena Gasosa opta por adaptar todo conteúdo lírico desses gêneros trazendo-os para uma realidade mais próxima.

Em vez de demônios “from hell” a banda trabalha com exus oriundos dos terreiros brasileiros, é o “Saravá Metal”.

Junto com os riffs, solos, distorções e afinações baixas (que garantes o “peso” ao som) foram adicionados elementos musicais dessa nova atmosfera como: atabaques, triângulo, chocalhos e todo um trabalho elaborado percussão, sem contar o figurino.

Se alguém ainda se pergunta “como será isso” ou “será que isso dá certo?” basta dar uma olhada no DVD “Desagradável”, um documentário que conta a história da banda e um relato riquíssimo do cenário musical underground carioca do início dos anos 90 até então.

O metal é um gênero constantemente em franca expansão, mas que, no entanto mantêm uma integridade. São negociações muito bem elaborada e bastante complexas como no caso do Gangrena Gasosa que mantêm o gênero ativo e em movimento.