Tiago José Lemos Monteiro

Contato: tjlmonteiro@yahoo.com.br

Doutorando em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino superior, é Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006), sendo graduado em Comunicação Social (Radialismo) pela mesma instituição (2004). Entre 2007 e 2008, atuou como professor substituto da Escola de Comunicação da UFRJ, responsável pelas disciplinas Linguagem audiovisual II, Produção Audiovisual e Comunicação e música popular. Também desempenhou as funções de Coordenador Acadêmico e Tutor do curso de Pós-Graduação em Comunicação e Marketing Institucional, gerenciado pela Universidade Castelo Branco em parceria com o Centro de Estudos de Pessoal do Exército Brasileiro. Atualmente, dedica-se a uma pesquisa sobre a cena musical popular midiática portuguesa contemporânea, e suas conexões com a presença da música brasileira em Portugal.

Pesquisa: “Ruídos e assimetrias no intercâmbio Brasil-Portugal: consumo musical e identidades juvenis entre a ‘modernidade’ e a ‘tradição'”.

Resumo:

Embora as trocas simbólicas entre Brasil e Portugal remontem ao tempo dos descobrimentos e sejam caracterizadas por uma relativa harmonia, no século XX tais relações assumem uma configuração predominantemente assimétrica: enquanto Portugal se converte em um receptor entusiasmado de produtos da “moderna” Cultura da Mídia brasileira, nossa compreensão da cultura portuguesa ainda se limita às formas “tradicionais” conservadas por gerações de imigrantes e reproduzidas pelo senso comum. No que tange aos intercâmbios musicais, essa assimetria se reflete no enorme sucesso de artistas e bandas brasileiras em Portugal, cujo contraponto é o total desconhecimento da produção musical portuguesa contemporânea, sobretudo na seara do pop/rock. Este projeto tem por objetivo cartografar tais desequilíbrios, mediante uma investigação das práticas de consumo jovem articuladas em torno da presença da música popular massiva portuguesa e brasileira no Brasil e em Portugal, respectivamente, numa abordagem multiperspectivística e multimetodológica.

Áreas de interesse: Música (Pop)ular Massiva, Culturas Juvenis, Rock and roll, Consumo Cultural, Dinâmicas Identitárias.